Voltar

Síndrome do impacto e bursite

Navegue em: Ortopedia

É o atrito entre estruturas ósseas, tendões e bursa do ombro. O paciente pode sentir uma dor na parte frontal e lateral do braço e dor súbita ao movimentar o braço. A dor pode ser noturna em muitos casos.

O tratamento pode ser conservador por meio de repouso, uso de anti-inflamatórios, bolsas quentes ou geladas e fisioterapia específica, mas se a lesão for grave o ortopedista pode recorrer à artroscopia.


O QUE FAZ A ORTOPEDIA?

Preparamos um material exclusivo explicando a área da Ortopedia e as principais formas de tratamento das doenças.
Faça o download gratuitamente:

BAIXAR

Perguntas Frequentes

A Síndrome do Impacto é uma condição em que há compressão dos tendões e bursas (bolsas cheias de líquido) no ombro, geralmente causada por movimentos repetitivos ou traumas.

A bursite no contexto da Síndrome do Impacto é a inflamação das bursas no ombro devido à compressão, resultando em dor e inchaço.

As causas incluem movimentos repetitivos do ombro, atividades esportivas que envolvem movimentos acima da cabeça, envelhecimento e lesões traumáticas.

Os sintomas incluem dor no ombro, especialmente durante movimentos acima da cabeça, inchaço, rigidez, fraqueza e crepitação (estalos) na articulação.

O diagnóstico envolve exames físicos, histórico médico, exames de imagem, como radiografias e ressonância magnética, e, em alguns casos, aspiração de líquido da bursa para análise.

O tratamento pode incluir repouso, aplicação de gelo, medicamentos anti-inflamatórios, fisioterapia, injeções de corticosteroides e, em casos graves, cirurgia para aliviar a compressão.

Medidas preventivas incluem evitar movimentos repetitivos do ombro, praticar técnicas adequadas de levantamento de peso, fortalecer os músculos do ombro e manter uma postura correta.

Os fatores de risco incluem idade (a condição é mais comum em pessoas mais velhas), atividades esportivas de alto impacto, movimentos repetitivos no trabalho e predisposição genética.

O tempo de recuperação varia dependendo da gravidade da lesão e do tratamento. Pode variar de semanas a meses, com reabilitação frequentemente necessária.

Deve-se procurar atendimento médico se houver dor persistente no ombro, especialmente durante atividades ou movimentos específicos, ou se houver inchaço, rigidez ou fraqueza que não melhorem com cuidados caseiros. O diagnóstico precoce é importante para o tratamento eficaz.

Você tem várias formas de agendar consultas e exames:

Envie uma mensagem para:

WhatsApp

Agende sua consulta ou exame:

Agende online
QR Code Agende sua consulta ou exame

Agende pelo app meu oswaldo cruz

App Meu Oswaldo Cruz disponível no Google Play App Meu Oswaldo Cruz disponível na App Store