Voltar

Taquiarritmias

Navegue em: Cardiologia

É sentir o coração disparar, com a frequência cardíaca acima de 100 batimentos por minuto (o normal é de 60 a 100 bpm). Acontece em casos de ansiedade, febre, perda de sangue, prática de exercícios intensos, além de práticas nocivas à saúde, como tabagismo e alcoolismo, por exemplo.


FIQUE ATENTO AOS SINAIS E SINTOMAS

Para te ajudar a identificar os sinais das principais doenças cardíacas e saber mais sobre os fatores de risco, formas de tratamento e prevenção, nós preparamos um material exclusivo para você.
Faça o download gratuitamente:

BAIXAR

Perguntas frequentes

Taquiarritmias são um grupo de distúrbios cardíacos que envolvem ritmos cardíacos anormalmente rápidos. Elas ocorrem quando o coração bate mais rápido do que o normal, geralmente acima de 100 batimentos por minuto em repouso.

Os sintomas comuns incluem palpitações, falta de ar, tontura, desmaio, dor no peito, fadiga e, em casos graves, insuficiência cardíaca.

Os tipos mais comuns de taquiarritmias incluem a fibrilação atrial, taquicardia ventricular, taquicardia supraventricular e taquicardia atrial.

As causas podem variar, incluindo estresse, consumo excessivo de cafeína, tabagismo, doenças cardíacas subjacentes, abuso de álcool, uso de drogas ilícitas e desequilíbrios eletrolíticos.

O diagnóstico geralmente envolve um Eletrocardiograma (ECG), Holter de 24 horas, teste de esforço ou monitoramento cardíaco contínuo.

O tratamento depende do tipo e gravidade da taquiarritmia, mas pode incluir medicamentos antiarrítmicos, cardioversão elétrica, ablação por cateter ou implante de dispositivos cardíacos, como marca-passos ou desfibriladores.

Sim, taquiarritmias podem ser perigosas, especialmente se não forem tratadas adequadamente. Elas aumentam o risco de acidente vascular cerebral, insuficiência cardíaca e outros problemas de saúde graves.

Em alguns casos, as taquiarritmias podem ser prevenidas controlando os fatores de risco, como o estresse, a pressão arterial alta e o tabagismo. No entanto, em muitos casos, elas não podem ser completamente evitadas.

O prognóstico varia dependendo do tipo de taquiarritmia, da eficácia do tratamento e de outros fatores individuais. Com tratamento adequado, muitas pessoas podem levar uma vida normal.

Você tem várias formas de agendar consultas e exames:

Envie uma mensagem para:

WhatsApp

Agende sua consulta ou exame:

Agende online
QR Code Agende sua consulta ou exame

Agende pelo app meu oswaldo cruz

App Meu Oswaldo Cruz disponível no Google Play App Meu Oswaldo Cruz disponível na App Store