Voltar

Endoscopia digestiva alta

Navegue em: Colonoscopia e endoscopia

A endoscopia é realizada para examinar o esôfago, o estômago e o duodeno, através da introdução por via oral de um aparelho flexível. Este aparelho possui sistema de fibras óticas e uma microcâmera que ilumina o interior dos órgãos e proporciona a visão completa, auxiliando no diagnóstico de doenças do aparelho digestivo alto através de biópsias, no acompanhamento do seu tratamento e também na remoção de lesões como pólipos, tratamento de úlceras hemorrágicas, varizes de esôfago e outros procedimentos terapêuticos.


Preparo

É necessário jejum absoluto de 8h, até mesmo de líquidos. Utiliza-se também a aplicação do anestésico na forma de spray na garganta, cujo efeito persiste por aproximadamente 45 a 60 minutos, período no qual deve-se evitar ingestão de alimentos ou líquidos para prevenção de engasgos. A presença de acompanhante para a realização do exame é obrigatória, independente da utilização de sedativo endovenoso.

Saiba como é feito o exame

Quer saber o objetivo de cada tipo de exame, como é feito o procedimento e os riscos?
Preparamos um material exclusivo que tirará as suas dúvidas.
Faça o download gratuitamente:

BAIXAR

Perguntas Frequentes

A endoscopia digestiva alta, também conhecida como gastroscopia, é um procedimento médico que permite a visualização do interior do esôfago, estômago e parte inicial do intestino delgado usando um tubo flexível chamado endoscópio.

A endoscopia digestiva alta é usada para diagnosticar e tratar condições do trato gastrointestinal superior, como úlceras, inflamações, sangramentos, tumores e estenoses.

Durante o procedimento, o endoscópio é inserido pela boca do paciente e avança pelo esôfago até o estômago e o duodeno. Isso permite ao médico examinar a mucosa dessas áreas.

Não, a endoscopia digestiva alta é geralmente realizada sob sedação, tornando-a praticamente indolor. Os pacientes podem sentir alguma pressão ou desconforto, mas não devem sentir dor.

O procedimento em si geralmente leva de 15 a 30 minutos, mas o tempo total, incluindo o preparo e a recuperação, pode ser de algumas horas.

Sim, geralmente os pacientes precisam fazer jejum por algumas horas antes do procedimento e podem precisar de preparações específicas, como evitar alimentos sólidos.

Embora seja geralmente um procedimento seguro, os riscos incluem sangramento, perfuração do trato gastrointestinal, reações à sedação e infecção.

A frequência do procedimento depende das condições de saúde do paciente e das recomendações médicas. Pode ser feita para diagnóstico ou para monitoramento de condições crônicas.

A endoscopia digestiva alta é realizada por um gastroenterologista, um médico especializado no trato gastrointestinal.

O principal benefício é a capacidade de diagnosticar e tratar condições do trato gastrointestinal superior de forma precisa, permitindo intervenções precoces e melhora na qualidade de vida do paciente.

Você tem várias formas de agendar consultas e exames:

Envie uma mensagem para:

WhatsApp

Agende sua consulta ou exame:

Agende online
QR Code Agende sua consulta ou exame

Agende pelo app meu oswaldo cruz

App Meu Oswaldo Cruz disponível no Google Play App Meu Oswaldo Cruz disponível na App Store