Radiofrequência para tratamento de dores na coluna

Técnica minimamente invasiva, Rizotomia auxilia a tratar dores na região da coluna vertebral.

O Centro de Procedimentos Minimamente Invasivos de Coluna do Hospital Alemão Oswaldo Cruz vem aplicando modernos tratamentos por radiofrequência, conhecidos como Rizotomia, IDET (Intradiscal Electrothermal Therapy) ou TDD (Transdiscal Decompression), para alívio das dores na região da coluna vertebral.

Direcionada a problemas crônicos, como dores lombares, hérnias e outras doenças da coluna vertebral e dos discos, a técnica utiliza recursos de radiologia intervencionista, diferenciando-se da cirurgia convencional por não necessitar de cortes, pinos ou parafusos. A solução proporciona menos riscos ao paciente e pode ser realizada no Day Clinic do Hospital, sem necessidade de internação prolongada.

Para iniciar o tratamento, o paciente realiza exame clínico detalhado com especialistas na área. O procedimento é realizado por meio de agulhas ou instrumentos muito finos ao invés de bisturis e, normalmente, não necessita de anestesia geral. Não há cortes, incisões ou suturas. Por serem minimamente invasivas, essas técnicas também podem ser realizadas em pacientes mais idosos, com problemas cardíacos ou oncológicos.

Os procedimentos são comandados pelos neurocirurgiões Dr. Joel Augusto Ribeiro Teixeira e Dr. Flávio Key Miura, graduados e pós-graduados (mestrado e doutorado) pela Faculdade de Medicina da USP e especialistas em neurocirurgia pelo Hospital das Clínicas. Ambos possuem experiência nesses procedimentos, adquirida no Grupo de Dor e no Grupo de Lombalgias Complexas do Hospital das Clínicas.

“Desde que começamos a realizar o tratamento no Hospital, tivemos um aumento significativo no número de pacientes que nos procuram para amenizar a dor e melhorar a qualidade de vida”, diz Dr. Miura. Isso representa um importante avanço da Medicina no tratamento das doenças da coluna vertebral, que costumam causar dores crônicas e até evoluir para problemas sociais, uma vez que o paciente passa a ter dificuldade de locomoção. Segundo dados do Estudo Epidemiológico da Dor (Epidor), realizado no município de São Paulo, cerca de 1/3 da população paulista sofre ou sofrerá de dores crônicas.

Você tem várias formas de agendar consultas e exames:

Envie uma mensagem para:

WhatsApp

Agende sua consulta ou exame:

Agende online
QR Code Agende sua consulta ou exame

Agende pelo app meu oswaldo cruz

App Meu Oswaldo Cruz disponível no Google Play App Meu Oswaldo Cruz disponível na App Store