Hospital Alemão Oswaldo Cruz inaugura Centro de tratamento para problemas de audição e equilíbrio corporal

Instalado na nova unidade do Hospital, no bairro Campo Belo, o Centro de Otoneurologia reúne equipe multidisciplinar e equipamentos de ponta para testes e tratamentos.

O Hospital Alemão Oswaldo Cruz acaba de inaugurar seu Centro de Otoneurologia, com objetivo de prevenir, diagnosticar e tratar os distúrbios de audição e do equilíbrio corporal. Instalado no Centro de Especialidades, nova unidade do Hospital no bairro Campo Belo, o atendimento será coordenado pelo especialista em otorrinolaringologia dr. Mário Munhoz.

O Centro contará com equipamentos de última geração e tecnologia de ponta, que possibilitam a excelência no diagnóstico e tratamento dos distúrbios da audição e do equilíbrio corporal, utilizando, inclusive, recursos de realidade virtual para construir caminhos alternativos para correção das doenças do labirinto.

Suas instalações priorizam a avaliação periódica da saúde de forma global e sistematizada, realizada por meio de consultas médicas e de especialidades, consultas de enfermagem, exames diagnósticos e  avaliações otoneurológicas. O espaço foi idealizado com o objetivo de proporcionar um ambiente adequado para o tratamento, considerando o bem-estar e a sensibilidade do paciente.

“Segundo dados do IBGE, existem mais de cinco milhões de pessoas com problemas para escutar e, ainda, segundo o NICDC (National Institute on Deafness and Other Communication Disorders), 43% das mortes por lesões acidentais em idosos são devidas à queda provocada pelos distúrbios do equilíbrio,” explica dr. Mário Munhoz.

A iniciativa do novo Centro está alinhada à estratégia da instituição de especialização e atendimento integrado a toda cadeia da saúde: desde a educação e prevenção até o diagnóstico e tratamento.

As doenças do labirinto

Existem mais de 300 doenças que afetam a audição e o equilíbrio corporal, porém, todas se manifestam por alguns poucos sintomas: perda de audição, barulhos nos ouvidos e/ou cabeça (zumbido) e tonturas de caráter rotatório (vertigem) ou não.

Nas crianças, a doença mais comum é a vertigem paroxística benigna infantil, que se manifesta por crises rápidas de tonturas rotatórias e tem mecanismo semelhante ao da enxaqueca. Outra causa frequente de tonturas em crianças é a otite média serosa, causada por um acúmulo de líquido na região conhecida como orelha média, situada logo atrás da membrana timpânica.

Nos adultos, prevalece a doença de Menière, caracterizada por crises intensas de vertigem acompanhadas de náuseas, vômitos, pressão na cabeça e/ou ouvidos, zumbidos, sensação de ouvido tapado e muitas vezes de piora transitória da audição. A doença de Menière é provocada por aumento da pressão da endolinfa, um dos líquidos presentes no interior do labirinto.

Em idosos, a vertigem posicional paroxística benigna é a labirintopatia mais comum. As queixas são de crises rápidas de vertigem quando a pessoa se vira na cama, se levanta ou levanta a cabeça, como é necessário fazer para estender roupa ou trocar lâmpada.  A doença ocorre devido à degeneração dos sensores da força da gravidade.

Você tem várias formas de agendar consultas e exames:

Envie uma mensagem para:

WhatsApp

Agende sua consulta ou exame:

Agende online
QR Code Agende sua consulta ou exame

Agende pelo app meu oswaldo cruz

App Meu Oswaldo Cruz disponível no Google Play App Meu Oswaldo Cruz disponível na App Store