Hospital Alemão Oswaldo Cruz desenvolve programa para acompanhar e estimular hábitos saudáveis e qualidade de vida de seus colaboradores

Programa Bem-Estar foi criado com base no modelo da Stanford University School of Medicine, que reconhece o Hospital como parceiro exclusivo no Brasil.

O Programa Bem-Estar, lançado em janeiro de 2011 pelo Hospital Alemão Oswaldo Cruz, com o objetivo de estimular a prevenção da saúde do colaborador e proporcionar condições de conquistar qualidade de vida com orientações adequadas, finaliza o seu primeiro semestre com alta taxa de adesão dos colaboradores da Instituição.

Baseado em conceitos do Health Improvement Program (HIP), da Stanford University School of Medicine – o Hospital é parceiro exclusivo para utilização da metodologia no Brasil –, é resultado do trabalho de uma equipe multidisciplinar, que, a partir de um conceito amplo, considera a saúde um estado de completo bem-estar físico, mental, espiritual e social, e não apenas a ausência de doença.

No final de 2010, a Instituição convidou os funcionários a responderem o Questionário SABES (Sistema de Avaliação de Bem-Estar e Saúde), que resultou em um mapeamento complexo da saúde dos colaboradores, verificando hábitos alimentares, frequência de atividades físicas, fatores de risco para hipertensão, diabetes e problemas cardiovasculares. “Cerca de 96% dos colaboradores responderam o SABES, possibilitando um diagnóstico prévio, permitindo que eles cuidem da sua saúde com o auxílio de profissionais do Hospital. A idéia é que eles possam traçar um planejamento com metas de curto e longo prazo para que a mudança de estilo de vida aconteça de forma sustentável” explica Cleusa Enck, Superintendente de Desenvolvimento Humano do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

O Programa Bem-Estar oferece também atividades como yoga, pilates, workshops e coaching em saúde. Um bom exemplo do sucesso do Programa é a adesão dos médicos e colaboradores. “O modelo pode ser aplicado a empresas de qualquer segmento, mas na área de saúde existe uma resistência natural, pois os profissionais têm muito acesso à informação e às vezes acham que não precisam de orientações. No entanto, tivemos adesão de quase 100% dos médicos funcionários”, diz dr. Rodrigo Demarch, Gerente de Qualidade de Vida e Saúde. “Outro exemplo é o aumento do número de colaboradores matriculados na academia oferecida exclusivamente a eles pelo Hospital. No início do Programa havia 219 colaboradores matriculados e atualmente são mais de 490 – as matrículas estão atreladas a uma mensalidade simbólica, que varia de acordo com a remuneração de cada colaborador” completa.

“Recebemos a equipe do Hospital Alemão Oswaldo Cruz em 2010 e compartilhamos o maior número de informações possíveis sobre o HIP. Eles compreenderam os conceitos e a filosofia e os aplicaram e adaptaram brilhantemente de acordo com a cultura brasileira e da instituição. Estamos muito orgulhosos pelos bons resultados obtidos com o Programa Bem-Estar. Continuaremos acompanhando sua evolução e amadurecimento e estou certo de que se tornará um exemplo a ser replicado no Brasil e na América do Sul”, afirma Wes Alles, diretor do Stanford Health Improvement Program (HIP).

Os benefícios se estendem também à Instituição, pois colaboradores mais saudáveis geram aumento do desempenho e da produtividade, redução do absenteísmo e da sinistralidade, melhora do relacionamento interpessoal, aumento da autoestima e da disposição para o trabalho e valorização da saúde integral.

Outros incentivos

Programa de Remuneração Variável

O Programa Bem-Estar está relacionado a uma parcela da Remuneração Variável, que é o reconhecimento em dinheiro dado a todos os colaboradores com base nos resultados e nas metas alcançadas no decorrer do ano. Seus critérios de avaliação e bonificação são baseados em indicadores de desempenho, e o Programa corresponde a 10% do total das Metas Setoriais. Para atingir essa parcela da avaliação, o colaborador deve acumular pontos distribuídos em preenchimento do SABES, consultas médicas e realização de exercícios físicos regularmente e outras atividades oferecidas. De acordo com o modelo de Stanford, relacionar o programa à recompensa em dinheiro estimula e amplia as chances de adesão.

Você tem várias formas de agendar consultas e exames:

Envie uma mensagem para:

WhatsApp

Agende sua consulta ou exame:

Agende online
QR Code Agende sua consulta ou exame

Agende pelo app meu oswaldo cruz

App Meu Oswaldo Cruz disponível no Google Play App Meu Oswaldo Cruz disponível na App Store