Gincana em prol da saúde agita Zona Leste de São Paulo

Unidade de Sustentabilidade Social do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e Instituto Angelita e Joaquim Gama estimulam  estudantes da região para que família e amigos participem de Rastreamento do Câncer Colorretal São Paulo, 11 de outubro de 2011 – Até 15 de outubro (sábado), a Unidade de Sustentabilidade Social do Hospital Alemão Oswaldo Cruz recebe inscrições para a Gincana da Prevenção, que tem o objetivo de conscientizar crianças e jovens sobre a importância do Rastreamento do Câncer Colorretal.

A ideia é disseminar e incentivar a participação da família e da comunidade no Programa de Prevenção e Rastreamento do Câncer Colorretal, coordenado pelo Hospital Alemão Oswaldo Cruz em parceria com o Ministério da Saúde.

Podem participar da Gincana alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental ou do 1º ao 3º ano do Ensino Médio, das escolas públicas e particulares da região leste de São Paulo. Os alunos devem formar grupos de três a cinco pessoas, preencher a ficha de inscrição com autorização dos responsáveis e se dirigirem à Unidade de Sustentabilidade Social do Hospital (Rua Javari, 182, Mooca).

A Gincana da Prevenção teve inicio em 26 setembro e acontece até o dia 30 de novembro. O grupo que conseguir mais pacientes rastreados (pessoas que compareceram a Unidade de Sustentabilidade Social do Hospital para realizar o exame) será premiado com um IPAD 2 para cada um dos integrantes; e os grupos que atingirem a meta de 100 pessoas rastreadas ganharão Ipod’s Nano. Haverá ainda o sorteio de ingressos de cinema.

Mais informações e ficha de inscrição no site www.vivamooca.com.br.

A doença

O câncer de intestino, ou colorretal, é um tumor maligno que se origina no intestino grosso, incluindo o colón e o reto. O primeiro indício da enfermidade é o aparecimento de pequenas verrugas, chamadas de pólipos (lesões nodulares que se instalam na parede do intestino) e que, normalmente, podem ser detectados por exames de colonoscopia ou ainda em exames mais simples, como o de fezes, que irá demonstrar a presença do sangue oculto nas secreções.

A iniciativa de conscientização está intimamente ligada à missão do Hospital Alemão Oswaldo Cruz de cuidar das pessoas, com foco na cadeia integral de saúde, desde a prevenção, até o tratamento e acompanhamento do paciente. O Programa de Prevenção e Rastreamento do Câncer Colorretal integra o conjunto de projetos de Sustentabilidade Social da Instituição, que faz o rastreamento da doença e prevê o mapeamento da população com mais de 50 anos do subdistrito da Mooca.

O Programa teve inicio há pouco mais de um ano e até agora já rastreou mais de 7.000 pessoas, sendo que 691 delas foram direcionadas para realização de colonoscopia. “Foi importante para mim o rastreamento, pois ele detecta a presença de quantidades mínimas de sangue nas fezes, além do que eu tenho histórico de doenças no intestino grosso na minha família. Sugiro que façam o rastreamento uma vez por ano e recomendo a todos que esta é uma atitude a ser tomada agora, independente de histórico familiar” diz o paciente e morador da Mooca há 61 anos, Sr. Francisco Aparecido Romanucci.

Você tem várias formas de agendar consultas e exames:

Envie uma mensagem para:

WhatsApp

Agende sua consulta ou exame:

Agende online
QR Code Agende sua consulta ou exame

Agende pelo app meu oswaldo cruz

App Meu Oswaldo Cruz disponível no Google Play App Meu Oswaldo Cruz disponível na App Store