Festas Juninas e os cuidados para manter uma alimentação saudável

Nutricionista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz orienta sobre as melhores opções para comer durante o período

São Paulo, 19 de junho de 2023 – Neste mês de junho, é aberta a temporada de festas juninas em todo o país. O evento reúne as pessoas, principalmente para se deliciar com as comidas típicas. Contudo, o consumo excessivo pode prejudicar a saúde. Pensando nisso, a nutricionista Tarcila Campos, do Centro Especializado em Obesidade e Diabetes do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, dá dicas para o consumo e modo de preparo dos alimentos de forma mais saudável. Confira as orientações da especialista:

Atenção com a elaboração dos alimentos:

  • Canjica: Ela é rica em fibras, auxilia no emagrecimento e na redução do colesterol, mas cuidado com o excesso de leite condensado, opte por produtos com menor concentração de açúcar e leites reduzidos de gordura;
  • Milho: Ele tem uma grande quantidade de carboidratos, fibras e antioxidantes e ajuda na saúde dos olhos, pele e intestino, além de fortalecer o sistema imunológico. Equilibre a quantidade de manteiga na hora de montar o prato, seja um bolo, milho cozido ou até mesmo a pipoca. Vale se atentar também a quantidade de sal adicionado;
  • Alimentos à base de amendoim: Cautela na quantidade consumida, pois o amendoim por si só já tem gorduras na sua composição e na hora de preparar pratos com ele, cuidado com a quantidade de açúcar no pé de moleque e pé de moça, por exemplo. Os alimentos à base de amendoim previnem anemia e auxiliam na recuperação e desenvolvimento muscular;
  • Maçã do amor: Não abuse, pois nessa preparação existe boa quantidade de açúcar e às vezes corantes. A maçã combate a prisão de ventre, previne doenças cardiovasculares e melhora a função cerebral.

Pessoas com diabetes: Qual a alimentação ideal?

Segundo a Federação Internacional de Diabetes (FID), até 2045, 1 em cada 8 adultos viverá com diabetes. Para esse público, é necessário cuidado com o excesso no consumo dos alimentos, em especial os que contêm açúcares, como bolo de cocada e doce de abóbora. No entanto, equilibrando a quantidade e prestando atenção no modo de preparo, os alimentos podem ser consumidos normalmente, afirma Tarcila.

A especialista reforça também a Importância de pacientes com diabetes não descuidarem do tratamento e do uso das medicações prescritas pelo médico durante as celebrações juninas e lembrar a importância de realizar a monitorização da glicemia para conhecer o efeito dos alimentos no corpo e se necessário fazer ajustes na insulina conforme e a prescrição da sua equipe de saúde quando for necessário.

Evite o consumo de alimentos ultraprocessados

De acordo com um estudo divulgado, neste ano, pela Revista de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), nos últimos dez anos, o consumo de alimentos ultraprocessados pelos brasileiros teve aumento médio de 5,5%.

Esses alimentos, como salsichas, presuntos e refrigerantes não são recomendamos para consumo, neste período de festas juninas e nem durante o ano. Para a sua fabricação, são realizadas diversas etapas e técnicas de processamento, alterando a qualidade nutricional, apresentando elevada quantidade de gordura, sal e açúcar e alto teor de sódio.

“Nas festas juninas, evite os alimentos ultraprocessados, busque alternativas mais saudáveis como, por exemplo, tapioca ou carne desfiada com pão integral. As bebidas típicas como quentão e vinho quente costumam ser preparadas com muito açúcar, então procure substituí-los por sucos naturais”, reforça a nutricionista.

Data: 19/06/2023 Fonte: HAOC

Você tem várias formas de agendar consultas e exames:

Envie uma mensagem para:

WhatsApp

Agende sua consulta ou exame:

Agende online
QR Code Agende sua consulta ou exame

Agende pelo app meu oswaldo cruz

App Meu Oswaldo Cruz disponível no Google Play App Meu Oswaldo Cruz disponível na App Store