Check-up da memória é importante para diagnosticar doenças e alterações cognitivas

São Paulo, 28 de julho de 2020 – Você já fez um check-up da sua memória? É nela que estão as habilidades motoras, sensitivas e intelectuais, e toda forma de condicionamento do ser humano. Enquanto a atividade física, um bom sono, alimentação balanceada, estudar, ler e praticar atividades que estimulam o cérebro fortalecem a memória, traumas e pancadas na cabeça, depressão, isolamento social, estresse e o envelhecimento a prejudicam. Quando começam a ocorrer episódios de perda frequente e rotineira da memória, impactando na qualidade de vida, é necessária uma avaliação médica para investigar o problema.

Apesar de todo o avanço da ciência e da medicina ainda não se sabe como exatamente funciona a memória, mas há indícios de que muitas doenças podem provocar sua perda. Com o objetivo de propor atendimento que vai desde a prevenção, diagnóstico até a reabilitação cognitiva, é que o Hospital Alemão Oswaldo Cruz agora conta com um Núcleo da Memória, na Unidade Campo Belo.

“A falta da memória pode ser causada por diversas doenças ou déficits cognitivos. A maioria delas ocorrem por conta do envelhecimento, que teve seu índice elevado na população mundial nos últimos anos”, explica o Dr. Diogo Haddad, neurologista e coordenador do Núcleo. “Uma avaliação neurológica comportamental, aliada a exames, principalmemte a partir dos 60 anos, é importante, pois por meio de tratamentos inovadores com foco na qualidade de vida de pacientes, podemos trabalhar em todas as vertentes, da prevenção até a reabilitação”, complementa.

Segundo o especialista, as doenças da memória podem variar de leve a grave, mas todas têm origem em problemas nas estruturas neurológicas do indivíduo, que dificultam o armazenamento e as lembranças. “A forma grave da perda da memória pode estar associada a doenças progressivas e degenerativas, como quadros de demência como por exemplo na Doença de Alzheimer. Já as imediatas podem ser resultados do que chamamos de transtornos de humor, como ansiedade, depressão, síndrome do pânico, e até alterações hormonais”, diz o neurologista.

Por conta de todas as suas facetas e possibilidades de causa, o tratamento com equipe multidisciplinar é essencial para avaliar o problema. O Núcleo da Unidade Campo Belo do Hospital dispõe de neurologistas, geriatras, neuropsicólogos, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas. O serviço também oferece ensino em Neurologia Cognitiva e Doenças Comportamentais, com programas de prevenção primária e secundária do declínio cognitivo.

Podem e devem procurar atendimento em um núcleo especializado em memória aqueles que sofrem de Doença de Alzheimer, Declínio Cognitivo Vascular, Declínio Cognitivo Pós-Traumatismo Craniano, Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), Distúrbios de Humor, Síndrome de Burnout, Dislexia e Declínio Cognitivo associado a Neoplasias, e aqueles que passam por Tratamento Quimioterápico ou Radioterápico.

Sobre o Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Fundado em 1897 por um grupo de imigrantes de língua alemã, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz é um dos maiores centros hospitalares da América Latina. Com atuação de referência em serviços de alta complexidade e ênfase em Oncologia e Doenças Digestivas, em 2020 a Instituição irá completar 123 anos. Para que os pacientes tenham acesso aos mais altos padrões de qualidade e de segurança no atendimento, atestados pela certificação da Joint Commission International (JCI) – principal agência mundial de acreditação em saúde -, o Hospital conta com um corpo clínico renomado, formado por mais de 4 mil médicos cadastrados ativos, e uma das mais qualificadas assistências do país. Sua capacidade total instalada é de 805 leitos, sendo 582 deles na saúde privada e 223 no âmbito público. Desde 2008, atua também na área pública como um dos cinco hospitais de excelência do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS) do Ministério da Saúde.

Hospital Alemão Oswaldo Cruz – https://www.hospitaloswaldocruz.org.br/

Informações para a imprensa

Conteúdo Comunicação:

Gerência de Comunicação Corporativa do Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Data: 28/07/2020

Você tem várias formas de agendar consultas e exames:

Envie uma mensagem para:

WhatsApp

Agende sua consulta ou exame:

Agende online
QR Code Agende sua consulta ou exame

Agende pelo app meu oswaldo cruz

App Meu Oswaldo Cruz disponível no Google Play App Meu Oswaldo Cruz disponível na App Store