8 de Agosto: Dia Nacional de Combate ao Colesterol

Na pandemia, os níveis de colesterol também são fatores de risco para a Covid-19

São Paulo, 6 de agosto de 2020 – Manter os níveis de colesterol equilibrados é essencial para garantir uma vida mais saudável e longe dos problemas cardiovasculares. No próximo sábado, 8/8, é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Colesterol. A substância, também produzida pelo organismo, pode ser encontrada em alimentos de origem animal como nas carnes vermelhas e ovos, entre outros.

De acordo com uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Cardiologia, de 2017, mais de 67% da população brasileira desconhece as próprias taxas de colesterol. As doenças cardiovasculares, provocadas por esse inimigo silencioso, além de causar sérios problemas a saúde, também são importantes fatores de risco para complicações nos pacientes com a Covid-19.

“De forma geral, quanto melhor controladas estiverem as doenças cardiovasculares do paciente, menor é o risco de complicações nos quadros clínicos mais sérios, como as formas graves da Covid-19. Desse modo, é extremamente importante que os pacientes se mantenham ativos, procurem seguir uma alimentação saudável, rica em verduras, legumes, frutas e cereais, substituam alimentos ricos em gorduras animais por aqueles com gorduras “boas” (peixes, castanhas, azeite), e mantenham o controle do peso, além de seguir o acompanhamento médico periódico, quando indicado”, explica Dr. Fábio Lario, cardiologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

O medo da exposição ao vírus implica na menor procura de pacientes por tratamentos e cuidados, como as consultas de rotina, ajustes de medicamentos e até mesmo a prática de atividades físicas que, normalmente, são realizadas ao ar livre. O isolamento social também tem contribuído para o aumento do consumo de alimentos calóricos, bebidas alcoólicas e do tabagismo, fatores que contribuem para o aumento da incidência das doenças cardiovasculares, como infarto e AVC (Acidente Vascular Cerebral).

“As pessoas têm tanto medo de contrair a doença e, por isso, acabam deixando de se cuidar e não procuram orientação médica. O sintoma do aumento do nível do colesterol só vai aparecer, de um modo geral, quando o paciente tiver um infarto ou um AVC, é uma doença silenciosa. Manter a saúde em dia, mesmo durante a pandemia, é fundamental para evitar complicações”, conclui o especialista.

Sobre o Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Fundado em 1897 por um grupo de imigrantes de língua alemã, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz é um dos maiores centros hospitalares da América Latina. Com atuação de referência em serviços de alta complexidade e ênfase em Oncologia e Doenças Digestivas, em 2020 a Instituição irá completar 123 anos. Para que os pacientes tenham acesso aos mais altos padrões de qualidade e de segurança no atendimento, atestados pela certificação da Joint Commission International (JCI) – principal agência mundial de acreditação em saúde -, o Hospital conta com um corpo clínico renomado, formado por mais de 4 mil médicos cadastrados ativos, e uma das mais qualificadas assistências do país. Sua capacidade total instalada é de 805 leitos, sendo 582 deles na saúde privada e 223 no âmbito público. Desde 2008, atua também na área pública como um dos cinco hospitais de excelência do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS) do Ministério da Saúde.

Hospital Alemão Oswaldo Cruz – https://www.hospitaloswaldocruz.org.br/

Informações para a imprensa

Conteúdo Comunicação:

Gerência de Comunicação Corporativa do Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Data: 06/08/2020

Você tem várias formas de agendar consultas e exames:

Envie uma mensagem para:

WhatsApp

Agende sua consulta ou exame:

Agende online
QR Code Agende sua consulta ou exame

Agende pelo app meu oswaldo cruz

App Meu Oswaldo Cruz disponível no Google Play App Meu Oswaldo Cruz disponível na App Store