Prioridade à assistência primária em saúde no sistema suplementar une médicos, ANS e planos de saúde

A Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC) vem investindo em iniciativa que visa levar a excelência em atenção primária em saúde (APS) também aos pacientes contratantes de planos e operadoras.

Ela é um dos pilares do Projeto Cuidado Integral à Saúde, parceria com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS),com Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC) e o Institute for Healthcare Improvement (IHI), que já reúne 16 operadoras previamente selecionadas, capacitando-as para atuar balizadas pelas melhores e mais efetivas condutasem APS.

O programa, em fase piloto, teve as sementes lançadas há pouco mais de dois anos, sendo que agora começa a produzir frutos paupáveis. Com conceito inovador, objetiva qualificar os serviços prestados a quem utiliza planos de saúde , priorizando o atendimento em nível primário por profissionais e equipes especializadas.

A presidente da SBMFC, Zeliete Linhares Leite Zambon, relata que, nos dois primeiros anos de projeto-piloto, houve uma série debates entre parceiros e operadoras, além de cursos de gestão.

“Nós, da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, apresentamos oito módulos com fundamentos teóricos. O grupo, junto,moldouo alicerce para que o atendimento primáriodas empresas de saúde siga as boas práticas, assim como omodelojá consolidado do Sistema Único de Saúde. A meta é que os planos de saúde atuem de forma ativa, indo ao paciente, conhecendo seu histórico, antecipando-se no cuidado à saúde e disseminando inclusive a prevenção”.

A implantação da APS, por consequência, significará redução de complicações e das intervenções de complexidade secundária e terciária. O paciente terá ganhos de saúde com uma assistência mais personalizada e humanizada, enquanto o sistema poderá investir recursos com mais racionalidade e eficácia.

Importante destacar que a APS na saúde suplementar é uma mudança de paradigma adotada em diversos países. Reino Unido, Austrália e Canadá, por exemplo, são exemplos pioneiros e de sucesso.

O Projeto Cuidado Integral à Saúde ainda aponta para benefícios às equipes, como redução de rotatividade e valorização de honorários. Enfim, é um horizonte alvissareiro a médicas e médicos de Família e Comunidade, enfermeiras com especialização em APS ou Saúde da Família, grupos multiprofissionais que atuam de acordo com o perfil da população (psicólogo, educador físico, farmacêutico, fisoterapeuta).

As operadoras, por sua vez, serão certificadas ao implantar e seguir as melhores práticas, com ética, segurança, etc. Será um diferencial importante no momento em que alguém for contratar um plano de saúde

Data: 21/03/2023 Fonte: Portal Hortolândia - SP

Você tem várias formas de agendar consultas e exames:

Envie uma mensagem para:

WhatsApp

Agende sua consulta ou exame:

Agende online
QR Code Agende sua consulta ou exame

Agende pelo app meu oswaldo cruz

App Meu Oswaldo Cruz disponível no Google Play App Meu Oswaldo Cruz disponível na App Store