Válvula em impressão 3D auxilia no tratamento contra o Coronavírus no Hospital Oswaldo Cruz.

A Siemens fechou uma parceria com o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo (SP), para o fornecimento de uma solução que tem salvado vidas no combate à Covid-19.

Após identificar uma necessidade na unidade de saúde da capital paulista, a companhia desenvolveu uma válvula em impressão 3D para serem utilizadas em respiradores que estão sendo utilizados em pacientes contaminados pelo novo coronavírus. Até o momento, já foram entregues um total de 100 equipamentos para a unidade hospitalar da capital paulista.

A iniciativa contou com apoio do Instituto Biofabris/Unicamp, e o processo para elaboração da peça levou menos de 15 dias. Em seu último levantamento, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz informou que já utilizou o sistema em 29 pacientes, sendo que sete pacientes já receberam alta hospitalar e os outros estão se recuperando. Com os excelentes resultados, o equipamento segue agora produção em escala.

A válvula desenvolvida pela Siemens permite utilizar, de maneira segura, respiradores não invasivos e que evitam riscos de contágio da equipe médica durante o tratamento. Além disso, o sistema permite também que pacientes contaminados e casos suspeitos possam conviver no mesmo ambiente da unidade hospital.

“Foi uma grande vitória. Fizemos algo de muita relevância, em ritmo emergencial, como a situação demanda. Mostramos mais uma vez como a Siemens é uma parte importante da sociedade, seja por meio de suas tecnologias, seja integrando pessoas de diferentes capacidades”, diz o gerente de Contas Corporativas da Siemens, Rodrigo Melo.

Data: 18/05/2020
Fonte: HOSPITAIS BRASIL ONLINE