Osteopenia: se não tratada, pode levar à osteoporose

Você sabe o que é osteopenia?

A osteopenia é a perda gradual da massa óssea que pode levar à osteoporose, doença que compromete os ossos, aumentando o risco de fraturas no fêmur, pulsos e coluna vertebral, principalmente nas mulheres.

Por que ela acontece?

Uma das principais causas da osteopenia é o envelhecimento, que torna os ossos mais porosos e dificulta a absorção do cálcio. Além disso, fatores genéticos e hereditários, desnutrição, exposição insuficiente ao sol e sedentarismo podem contribuir para o seu aparecimento. Em alguns casos ela pode, ainda, estar relacionada a doenças na tireoide, no fígado e nos rins. O uso prolongado de alguns medicamentos, como os anticonvulsivantes, corticoides e hormônios tireoidianos; a quimioterapia; o uso excessivo de bebidas alcoólicas e de cafeína; e o tabagismo, também podem contribuir para o enfraquecimento dos ossos.

Como identificar o quadro?

A osteopenia geralmente só apresenta sintomas quando os ossos estão severamente comprometidos. O diagnóstico é feito pelo exame de densitometria óssea, um exame não invasivo que mede a quantidade de cálcio por centímetro quadrado no fêmur e na coluna vertebral.

Tratamentos

É muito difícil reverter um quadro de osteopenia, por isso, o objetivo é retardar a degradação do tecido ósseo que pode levar à osteoporose. Na maioria dos casos, o tratamento é não medicamentoso, com a adoção de um estilo de vida saudável, que inclua uma alimentação balanceada rica em cálcio (leite e seus derivados) e vitamina D (ovo, salmão, atum, cereais); exposição diária ao sol, por pelo menos 15 minutos, sem o uso de protetor solar; e a prática de atividades físicas, se possível de impacto, como corrida e caminhada, durante 30 minutos pelo menos cinco dias na semana.

O tratamento com medicamentos só está indicado quando o paciente apresenta um quadro de osteopenia associada a outros fatores de risco para fraturas, como, por exemplo, histórico familiar de fraturas, baixo peso ou se faz uso de corticoides.

Data: 29/03/2017