Brasília sedia Congresso de Assistência Farmacêutica | Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Brasília sedia Congresso de Assistência Farmacêutica

O objetivo é instrumentalizar a gestão do cuidado farmacêutico, a fim de propiciar as condições necessárias para a implantação e desenvolvimento dos serviços de cuidado farmacêutico na Atenção Básica. São 6000 vagas na modalidade online auto-instrutiva, com carga horária total de 30 horas.

O “Congresso Brasileiro de Assistência Farmacêutica: Gestão e Cuidado na Qualificação da Assistência Farmacêutica” aconteceu entre os dias 21 e 23 de novembro, na capital federal.

O evento promovido pelo Ministério da Saúde tem como objetivo apresentar as principais ações executadas pelo Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos (DAF/SCTIE/MS) nos últimos anos e discutir o atual cenário da AF em âmbito nacional a fim de identificar propostas para orientar a continuidade na qualificação no Brasil.

Durante três dias será debatido o tema ‘Gestão e Cuidado na Qualificação da Assistência Farmacêutica‘’, com a participação de mais de 600 pessoas entre gestores de saúde e técnicos da área de Farmácia.

O objetivo do encontro é discutir ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o medicamento como insumo essencial e visando o acesso e uso racional. O evento contará com palestras, mesas redondas e mostra de experiências.

A mesa “30 anos de SUS, 20 anos da Política Nacional de Medicamentos e 10 anos do Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos”, realizada na manhã desta quarta-feira (21), inaugurou as atividades do evento. Mauro Junqueira, presidente do Conasems, esteve presente à solenidade de abertura e ressaltou a relevância desse tipo de evento para a constante qualificação dos profissionais e para o fortalecimento da AF.

“Este congresso com certeza trará excelentes discussões e debates necessários para esta política, que é muito cara e precisa ser executada com qualidade e responsabilidade. É imperioso qualificar o SUS, em especial a Assistência Farmacêutica”.

Durante o discurso, Mauro também destacou o protagonismo do Conasems nas proposições de programas e projetos que fortaleçam a Política de Assistência Farmacêutica no país.

Ele elencou algumas ações desenvolvidas pelo Conasems como o 1º Levantamento Nacional sobre a relação municipal de medicamentos do Componente Básico da Assistência Farmacêutica.

Ação que visa subsidiar a representação da entidade na proposição dos aprimoramentos necessários nas Políticas Farmacêuticas no país e contribuir na definição das estratégias nacionais para garantir o acesso aos medicamentos na Atenção Básica financiados de forma tripartite.

Além disso, o presidente do Conasems citou o “Projeto Atenção Básica: capacitação, qualificação dos serviços de assistência farmacêutica e integração das práticas de cuidado na equipe de saúde”. “É uma estratégia nacional que tem como objetivo principal fortalecer a Atenção Básica por meio da capacitação, qualificação dos serviços de assistência farmacêutica e integração das práticas de cuidado na equipe de Saúde.

Entendendo como uma forma de apoiar os municípios brasileiros a cumprir a nova diretriz da PNAB e ofertar uma AF de qualidade”, explicou.

Para encerrar, Mauro convocou os profissionais da AF de todos os municípios a se inscreverem no processo de seleção da capacitação em Gestão do Cuidado Farmacêutico na Atenção Básica, parceria do Hospital Alemão Oswaldo Cruz com o Conasems e o Ministério da Saúde que ficará aberto até dia 7 de dezembro.

Durante o Congresso será feito o lançamento da versão digital atualizada da Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (Rename).

Nela estão descritos todos os fármacos que são oferecidos no SUS, junto às suas finalidades.

Atualmente, são 878 medicamentos que compõem a Rename, sendo 205 do Componente Estratégico; 364 do Componente Básico e 309 do Componente Especializado. Também será lançado o Livro 20 anos da Política Nacional de Medicamentos e Monografias de Plantas Medicinais da Renisus.

Estiveram presentes à mesa de abertura do Congresso Cleonice Gama, diretora do DAF; Marco Fireman, secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos; Osnei Okumoto, secretário da SVS; Leonardo Vilela, presidente do Conass; Ronald Santos, presidente do CNS; e Thomas Pippo, representante da OPAS.

Edital A qualificação em Gestão do Cuidado Farmacêutico na Atenção Básica tem como público-alvo gestores e/ou trabalhadores da Atenção Básica nos municípios.

O objetivo é instrumentalizar a gestão do cuidado farmacêutico, a fim de propiciar as condições necessárias para a implantação e desenvolvimento dos serviços de cuidado farmacêutico na Atenção Básica. São 6000 vagas na modalidade online autoinstrutiva, com carga horária total de 30 horas.

A iniciativa faz parte do projeto Atenção Básica: Capacitação, Qualificação dos Serviços de Assistência Farmacêutica e Integração das Práticas de Cuidado na Equipe de Saúde.

A capacitação é gratuita e as inscrições vão de 08/11/2018 a 07/12/2018.

Acesse o edital e outras informações no site do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Data: 23/11/2018
Fonte: Conasems