I SIMPÓSIO DE RESISTÊNCIA BACTERIANA

20/07/2018

I SIMPÓSIO DE RESISTÊNCIA BACTERIANA

Coordenação: 

  • Dr. Ícaro Boszczowski.

Público-alvo:

  • Médicos, enfermeiros, biomédicos, residentes e estudantes.

Investimento:

Até 29/06 Até 16/07 No Evento
Residentes, Estudantes
e Profissionais HAOC*
R$ 60 R$ 80 R$ 100
Demais Profissionais R$ 120 R$ 160 R$ 200

 
Informações: (11) 3549-0585 / 3549-0577

Inscrições: iecs@haoc.com.br

Local: Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Auditório – Torre E – 1° Subsolo Rua Treze de Maio, 1815 – Paraíso – SP.

Em caso de desistência, a solicitação do cancelamento de inscrição será aceita somente por escrito, pelo e-mail: iecs@haoc.com.br até 07 dias antes da realização do evento.

As inscrições canceladas após este prazo não serão reembolsadas. O reembolso, quando devido, corresponderá a 70% do valor pago e será efetuado em até 60 dias após a realização do evento.


Programação

13h Credenciamento
13h30 Abertura

14h às 14h45 – Incidência das infecções por enterobactérias
resistentes a carbapenem e polimixinas no Brasil e
principais mecanismos de resistência envolvidos

14h45 às 15h30 Mesa 1 – Diagnóstico laboratorial de enterobactérias resistentes a carbapenem

Recursos disponíveis para o diagnóstico laboratorial das infecções causadas por enterobactérias resistentes a carbapenem e polimixinas

Diagnóstico fenotípico X genotípico. O que queremos?
Mecanismo de resistência ou perfil de sensibilidade?

15h30 às 15h50 Coffee Break
15h50 às 16h20 Mesa 2 – Tratamento de infecções invasivas por enterobactérias resistentes a carbapenêmicos e polimixinas

Monoterapia ou terapia combinada nas infecções causadas por CRE?

Terapia com duplo carbapenêmico

Novas drogas

Velhas drogas

16h20 às 17h Mesa 3 – Prevenção e controle

Qual é o papel do ambiente no controle da disseminação de CRE no ambiente hospitalar?

Vigilância de CRE e controle da disseminação. Qual (is) estratégia é mais eficiente?

17h Encerramento